Nossas obras

 
MOLDURAS
 
GESSO ACARTONADO
 
 
 
 
CONTATO
Nome:
 
E-mail:
 
Onde você está:
 
Recado:
 
 

 

 

 

Atendimento esclusivo pela
loja de Santa Maria
(55) 3226.3736
atendimento@dbgraus.com.br

 

Formas plásticas para lajes nervuradas

Laje Nervurada
A concorrência no mercado da construção civil tem levado construtoras e projetistas a uma constante busca por soluções que, além de eficazes, tragam diminuição de custos, rapidez e versatilidade de aplicações.

Tais exigências fazem com que o setor fuja das soluções convencionais, com materiais e técnicas tradicionais, em busca de inovações apoiadas em recursos tecnológicos sólidos.

Seguindo esta tendência, as lajes nervuradas vêm se firmando gradativamente como excelente solução estrutural, mais econômicas e com diversas vantagens com relação às estruturas convencionais, tais como:

 

Formas normais para lajes nervuradas :

Na execução da laje nervurada, a fôrma consiste geralmente de um tablado plano, sobre o qual se colocam blocos de poliestireno expandido (isopor), ou concreto celular, ou de tijolos vazados, que funcionarão como elementos inertes preenchendo o espaço entre as nervuras de concreto.
Algumas desvantagens desse processo:
- Os blocos de isopor são relativamente caros e pouco práticos, muito leves e frágeis, tornando difícil o processo de concretagem.
- O enchimento com material mais pesado pode acarretar um aumento de carga permanente na estrutura, que chega a ultrapassar 100kg/m². Podem ainda ser usadas caixas de compensado invertidas, entre as nervuras, que serão retiradas por ocasião da desformagem. Trata-se de solução cara, principalmente devido à deterioração do compensado em contato com o concreto fresco e à dificuldade de desformagem, tornando muito baixo o índice de reutilização desses elementos.

 

 

 

Fôrmas plásticas ASTRA para lajes nervuradas

É cada vez mais difundida nos países europeus e nos Estados Unidos, a construção de lajes nervuradas com uso de fôrmas plásticas, pois estas não apresentam os inconvenientes das fôrmas de madeira ou dos blocos de isopor. A Astra S/A, engajada na colocação de sua tecnologia a serviço da construção civil, põe a disposição do mercado, a Fôrma Plástica para fundição de laje nervurada.

Características:

Confeccionada pelo processo de injeção, em polipropileno copolímero virgem, protegido contra raios UV (Ultra Violeta) da luz solar.
Rigidez e estabilidade dimensional graças às nervuras paralelas em seu interior e treliçadas nas bordas.
Excelente resistência a flexão, impacto e tração, necessária para suportar o peso do concreto e sobrecargas.
Seu formato tronco-piramidal confere extrema facilidade para empilhamento e desfôrma.
Agilidade no manuseio , pois cada peça pesa apenas 3,3kg.
Praticidade no transporte: um caminhão com capacidade de 37m³ carrega 640 peças.
Facilidade na estocagem: 500 peças empilhadas com altura de 15 unidades, ocupam uma área de 13m².

 

 

Observações :


1-É aconselhável a pulverização das fôrmas com material desmoldante para obter uma desfôrma mais fácil e um melhor acabamento.

2-O diâmetro do vibrador utilizado para adensar o concreto não deve exceder 40 mm.

3-O material que compõe a fôrma está sujeito a contrações e dilatações térmicas cujas as deformações são admissíveis até ordem de 1%.

4-Aberturas feitas na nervura devem ser dispostas à meia altura da laje, com diâmetro inferior a H/3. (ver desenho abaixo)

5-As aberturas na mesa da laje, se menores que 200cm², podem ser feitas em qualquer lugar, já as maiores não podem exceder a área de um fôrma e seu posicionamento exige considerações no cálculo estrutural.

 

 

 

     
 
 
 
Nossas Lojas:
 
55.3226.3736
 
54.3311.7380
 
53-30281185
 
55.3251.4128
 
55.3312.9285
 
51.3715.2127